O capim-cidreira (capim santo) e seus benefícios

capim-cidreira

O capim-cidreira é uma erva que tem folhas compridas, semelhante a uma moita de mato comum. É conhecido também como capim limão, capim santo, erva-príncipe, capim-cidró, capim-cheiroso, chá-de-estrada, capim cidrão, capim catinga e citronela de Java. Mas seu nome científico é Cymbopogon Citratus.

Ele pode ser encontrado na natureza, em algumas lojas de produtos naturais ou sob forma de chá em supermercados. O capim cidreira tem ótimos efeitos antioxidantes, portanto bastante benéficos para a saúde, vejam alguns benefícios:

  • Ajuda a regularizar a saúde do coração, pois regula o colesterol;
  • Regula a pressão arterial;
  • Diminui o inchaço;
  • Alivia a gripe, diminui a asma, a tosse, o excesso de secreção utilizando com aromaterapia;
  • Propriedades anticancerígenas: como é rica em antioxidantes, ela pode desacelerar o crescimento de fibrossarcomas e prevenir e metástases do câncer de pulmão;
  • Melhora a digestão e trata alterações de estômago pois possui ação espasmódica;
  • Ação analgésica e anti-inflamatória trata a dor muscular, dor de cabeça, reumatismo, tensão muscular e dor de barriga.

O capim cidreira pode conter ação repelente por conter óleo de citronela na sua fórmula. Você poderá utilizar como chá ou compressa, tendo muito cuidado ao usar como óleo, pois pode causar queimaduras se for exposto ao sol.

Para compressa se faz o chá e molha um pano no chá, deixa 15 minutos em cima da região dolorida. Para o chá é só cortar as folhas e colocar numa xícara com água quente e tampar e coar. Tomar de 3 a 4 xícaras por dia.

Alguns efeitos secundários podem ser observados como desmaios, forte dor abdominal e boca seca. Por isso não pode se utilizar em grande quantidade. Em caso de forte dor abdominal sem causa aparente, ou gravidez, deve se ter cuidado, principalmente em caso de tomar o chá para controlar a pressão arterial.

Foto: Ângela Raposo.

Você pode gostar...